RELÓGIO QUEBRADO

esu tenho procurado solução

Para minha solidão,

Mas nunca encontro nada.

E eu já não me importo.

 

Eu tenho-me desviado dos caminhos,

Mas o ego retroativo,

Confunde Deus e alma.

E eu já não me importo.

 

Eu tenho perdido a paciência

Com o mundo feito de aparências

Que teima em afirmar que os seus fracassos

É por Deus ser cego e mudo.

Será que me importo?

 

Eu tenho me escondido em cavernas

E construções abandonadas,

Buscado alimento em lixeiras

E usado, à mesma cueca e par de meias,

A semana inteira.

E eu já não me importo.

 

Eu ando fedendo a urina e álcool

Por sonhos destruídos

Terem sido meu presente da sociedade

E eu já não me importo.

 

Eu tenho fumado meu cigarro

Com um triste olhar de despedida.

Não importa as alegrias da vida,

A dor é sempre maior.

E eu já não me importo.

 

Há muito não tenho um amigo,

Nem ombro, nem afago.

Há muito não conheço o amor:

Ele evapora a cada trago.

No coração somente culpa.

Nem donzelas, nem prostitutas.

Será que me importo?

 

As canções já não dizem nada.

Já não sinto nada, não acredito em nada.

Absolutamente “nada” é sinônimo de minha vida.

A aurora se confunde com o crepúsculo.

O amor com o ódio.

Esperança com ópio.

E eu já não me importo.

 

Os ponteiros quebraram o vidro do relógio

Quando quebrei um braço e perdi os movimentos.

A solidão desenha mapas tortuosos em meu espirito

E meus olhos se parecem com abismos vivos.

E será que me importo?

 

As sombras, mais uma vez, sem estrelas, lua,

Nem postes com lâmpadas acesas na rua.

O cigarro acabou e o conhaque está acabando.

Isso me importa.

 

 

Uma consideração sobre “RELÓGIO QUEBRADO”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s